quarta-feira, 17 de outubro de 2012

AFINAL, O QUE É TRANSPARÊNCIA?


Veja o que o presidente da OAB/SC, Paulo Borba, afirmou em seu discurso no recente lançamento da chapa de situação:
“Conseguimos, e talvez o mais importante de tudo, fazer a comunicação com o advogado do Estado de Santa Catarina. Não tínhamos praticamente nenhuma forma de comunicação anterior, quando assumimos, hoje temos o nosso jornal on line diário da OAB, com mais de 35 mil acessos diários, com a nossa revista digital, onde o advogado pode saber e conhecer a estrutura da OAB, pode lá acessar o nosso site hoje e ver a transparência, sim, que essa seccional tem com o dinheiro do advogado.”
Visitei o site da OAB/SC para enxergar a alardeada transparência, onde segui os seguintes passos para chegar às contas da seccional:


Quero crer que houve algum problema no site da seccional. De qualquer forma, os advogados têm direito de saber muito mais do que a diretoria da OAB/SC se dispõe a divulgar.

Transparência não tem a ver com o que o mandatário quer mostrar, mas sim com aquilo que seus mandantes querem - e têm direito de - ver.

Ou seja, não tem o mínimo cabimento a afirmação do presidente da OAB/SC de que no site da seccional os advogados encontrarão transparência.

Sobre transparência, ou melhor, sobre a falta de transparência na OAB/SC eu já escrevi em dois outros posts (veja aqui e também aqui). Num deles apresentei as demonstrações financeiras abaixo. Reapresento-as para que o leitor possa formar sua própria opinião em relação ao discurso do presidente Paulo Borba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.